Desfile Fendi: Milão Fashion Week 2015

“Eu não tinha tempo para ir para o mercado de pulgas”, declarou Karl Lagerfeld nos bastidores de Fendi, novamente expressando sua postura anti-retro. O que lhe interessa Sylvia Venturini Fendi agora: geometria pura, volumes experimentais e um pouco de diversão. A noção de geometria voluptuosa foi marcada pelos projetos inspirados no artista suíço Sophie Taeuber-Arp.

Esta coleção foi uma deliciosa de extravagância. A simplicidade do casaco branco que abriu o show e dos demais casacos com estampas gráficas e outros cheios de volume, o veludo cotelê foi muito usado. A diversidade continuou através de silhuetas, longo e magro, comprido e curto, curto e fresco, fresco e grande, maior e maior com os mega casacos. Jaquetas curtas e saias sem volume e alguns vestidos sem alças.

O volume continuou com as peles em proporções bombásticas. Havia casacos ladylike, casacos e sobretudos grandes-como-um-urso, tudo com uma despreocupação juvenil. Caso em questão: enorme topper de dois tons, sobre um mini vestido coordenado.

Desfile Fendi:

Veja mais…

Beijos e mais beijos!!!

Também em outras redes:

Facebook ¦ Twitter ¦ Instagram ¦ YouTube

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s